sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

Anhangabaú estão pichados e abandonados

A reportagem do Bairro esteve no Vale do Anhangabaú ao redor Teatro Municipal, onde são encontradas as esculturas de Luigi Brizzolara, compondo a obra a “Fonte dos Desejos”, que é um conjunto escultórico  inspirado na Fonte dos Desejos de Roma.


Ao andar pelo local percebe-se o total abandono de várias obras de arte de um local que deveria ser simbolo.
Ver outras imagens em: www.obairro.org

quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

Fundação abre inscrições para a Pós-Graduação

A Fundação Santo André está com as inscrições abertas para os cursos de Pós-Graduação Lato Sensu (MBA e Especialização), que visam a atender à demanda do mercado profissional. Para o primeiro semestre de 2015, a instituição conta com 13 cursos de MBA e 11 de especializações, e mais três cursos, sendo um de aperfeiçoamento em Língua Portuguesa, outro de atualização de Contratos e um de extensão em Preparatório para a Certificação em PMP.pos-site

Os cursos de Pós-Graduação visam ao aprimoramento profissional, sendo dirigidos prioritariamente ao mercado de trabalho. O principal diferencial dos cursos da Pós-Graduação é o aspecto prático dos cursos, que por meio de palestras e visitas a empresas da região, possibilitam aos alunos a troca de experiência e também ampliação do network.

 Formandos na graduação - Os alunos que estejam no último ano de graduação podem, ainda, cursar as disciplinas da Pós-Graduação, obtendo, assim, certificados de extensão universitária. Após se formarem na graduação, os alunos podem solicitar aproveitamento de créditos das disciplinas cursadas na Pós-Graduação.

Para mais informações sobre os cursos oferecidos, acesse o site da Fundação Santo André (www.fsa.br>cursos>pos), ou vá direto à secretaria da Pós-Graduação no prédio Anexo I, localizado no Campus Universitário. A secretaria funciona de segunda à sexta-feira, das 8h às 11h30, e das 14h às 21h. Aos sábados, a secretaria da Pós-Graduação funciona das 8h às 12h. O telefone para contato é 4979-3361 ou 4979-3410.


segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

O Palmeiras merecia ter caído


Nos últimos anos o time do Palmeiras foi medíocre. Jogadores ruines e sem identificação com o clube. Não há dúvidas que este foi o pior time do Palmeiras nos últimos anos. Até mesmo aquele time rebaixado de 2012 tinha suas nuances, afinal, conseguiu ser campeão da Copa do Brasil. O time do primeiro rebaixamento da equipe palestrina contava com bons jogadores, que, pelo nível do futebol apresentado no campeonato deste ano, talvez brigasse pelo título, ou no mínimo pela libertadores.

A equipe contava com os seguintes jogadores: Sérgio; Arce, Alexandre e Cesar; Rubens Cardoso, Paulo Assunção, Flávio e Juninho; Zinho, Itamar, Leo Moura, Nenê e Lopes. Naquele ano (2002), o campeonato foi disputado em turno único, classificando apenas os oito primeiros colocados para a quartas de final. O Palmeiras somou 27 pontos em um turno e foi rebaixado.

Em 2012, a equipe conquistou a Copa do Brasil e abriu mão das primeiras cinco rodadas do Campeonato Brasileiro. E foram estes jogos que fizeram falta ao verdão, pois foi rebaixado quatro rodadas antes do final do campeonato. O time criava jogadas e algumas oportunidades de gol, mas era completamente dependente das bolas paradas de Marcos Assunção e dos gols de Barcos.

A equipe era composta pelos seguintes jogadores: Bruno, Henrique, Marcio Araújo, Mauricio Ramos, Wesley, Juninho, Maikon Leite, Patrick Vieira, Vinicius, Thiago Real, João Denoni, Valdivia, Fernandinho, Rafael Alemão, Marcos Assunção, Bruno Oliveira, Leandro Amaro, Obina, João Vítor, Tiago Heleno e Barcos.

Este time do centenário do Palmeiras é para ser esquecido, salvo alguns bons jogadores.

sexta-feira, 5 de dezembro de 2014

Parque Nabuco tem internet gratuita

Parque Nabuco conta agora com internet gratuita
Segundo o prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), a cidade terá cem praças com rede pública de internet sem fio até setembro. Até o fim do ano, a prefeitura pretende instalar 120 pontos com internet gratuita. A iniciativa faz parte do programa Praças Digitais. Segundo informações da prefeitura, até 150 pessoas poderão utilizar a conexão ao mesmo tempo e a velocidade máxima de acesso é de 512 kbps.
O que é o Projeto WI-FI LIVRE SP?
Fruto de uma iniciativa da Prefeitura de São Paulo e de uma parceria entre a Secretaria de Serviços e a PRODAM, o programa WI-FI LIVRE SP tem como objetivo levar internet gratuita e de qualidade disponibilizando um sinal WiFi nas principais praças de cada distrito da capital. A ação encoraja a cidadania por meio da inclusão digital.
O número de localidades públicas atendidas será de 120, distribuídas entre os 96 distritos de São Paulo. Já a disponibilidade dos serviços será divida conforme a demanda do local.
A velocidade mínima da internet oferecida é de 512kbps efetivos e por usuário, tendo uso irrestrito por parte de qualquer cidadão que tenha um dispositivo compatível com o protocolo WiFi – como laptops, celulares, tablets, entre outros. A velocidade e a qualidade da conexão serão aferidas pelo Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR (Nic.BR), em parceria com a Secretaria de Serviços, por meio do Sistema de Medição de Tráfego de Última Milha (Simet), a ser instalado em cada uma das praças.
Veja a lista das praças de São Paulo que possuem internet gratuita.
link

Boas Festas

A equipe do jornal O Bairro da Cidade Ademar deseja boas festas a toda comunidade. Que em 2015 a nossa parceria se concretize.

quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

Loja Musical São José resiste ao tempo no bairro

Campanha para economia de água


 O Bairro vai levantar as história que envolvem um dos simbolos da região em breve.



Caixa de Água da Cidade Ademar
De acordo com a Organização das Nações Unidas, cada pessoa necessita de 3,3 m³/pessoa/mês (cerca de 110 litros de água por dia para atender as necessidades de consumo e higiene). No entanto, no Brasil, o consumo por pessoa pode chegar a mais de 200 litros/dia.

Gastar mais de 120 litros de água por dia é jogar dinheiro fora e desperdiçar nossos recursos naturais. Veja algumas dicas de como economizar água  e dinheiro - sem prejudicar a saúde e a limpeza da casa e a higiene das pessoas.



No banheiro

Banho de 15 minutos? Olha o Nível!
O banho deve ser rápido. Cinco minutos são suficientes para higienizar o corpo. A economia é ainda maior se ao se ensaboar fecha-se o registro. A água que cai do chuveiro também pode ser reaproveitada para lavar a roupa ou qualquer outra atividade da casa. Para isso, deve-se colocar um balde ou bacia embaixo para armazenar aquela água.

Hora do banho
Banho de ducha por 15 minutos, com o registro meio aberto, consome 135 litros de água. Se fechamos o registro, ao se ensaboar, e reduzimos o tempo para 5 minutos, o consumo cai para 45 litros.

No caso de banho com chuveiro elétrico, também em 15 minutos com o registro meio aberto, são gastos 45 litros na residência. Com os mesmos cuidados que com a ducha, o consumo cai para 15 litros.

Ao escovar os dentes
Se uma pessoa escova os dentes em cinco minutos com a torneira não muito aberta, gasta 12 litros de água. No entanto, se molhar a escova e fechar a torneira enquanto escova os dentes e, ainda, enxaguar a boca com um copo de água, consegue economizar mais de 11,5 litros de água.

Lavar o rosto
Ao lavar o rosto em um minuto, com a torneira meio aberta, uma pessoa gasta 2,5 litros de água. A dica é não demorar.
O mesmo vale para o barbear. Em 5 minutos gastam-se 12 litros de água. Com economia o consumo cai para 2 a 3 litros.

Descarga e vaso sanitário
Não use a privada como lixeira ou cinzeiro e nunca acione a descarga à toa, pois ela gasta muita água. Uma bacia sanitária com a válvula e tempo de acionamento de 6 segundos gasta de 10 a 14 litros. Bacias sanitárias de 6 litros por acionamento (fabricadas a partir de 2001) necessitam um tempo de acionamento 50% menor para efetuas a limpeza, neste caso pode-se chegar a volumes de 6 litros por descarga.  Quando a válvula está defeituosa, pode chegar a gastar até 30 litros. Mantenha a válvula da descarga sempre regulada e conserte os vazamentos assim que eles forem notados.

Lugar de lixo é no lixo. Jogando no vaso sanitário você pode entupir o encanamento. E o pior é que o lixo pode voltar pra sua casa.

Casa do Norte Cupecê completa 50 anos em 2015

Jabá é um dos pratos principais do local
Um dos botecos mais antigos da Cidade Ademar está prestes a comemorar 50 anos de existência em 2015. Trata-se da Casa do Norte Cupecê, que fica na altura do número 3.500 da Avenida Cupecê, na Cidade Ademar ou simplesmente, em frente da antiga padaria Vera Lúcia. O local também é conhecido por alguns como “Zé do Norte”, em alusão ao proprietário, José Alves de Andrade, conhecido como Zé, pelos frequentadores assíduos e amigos que frequentam o bar.
O local não é simplesmente uma “simples Casa do Norte”, mas é um ponto cultural do bairro, por preservar a tradição. O balcão e a estante onde ficam as garrafas de cachaças ainda são os mesmos. Os clientes também. Alguns frequentam o local há mais de 30 anos. Tem dias que a roda de pessoas que ficam ali só tem “cabeça branca”, como diz o proprietário, por conta dos cabelos brancos de alguns clientes, que são alguns dos moradores mais antigos do bairro.
O petisco principal é: jabá, servido com farinha e pimenta, torresmo, carne de sol e arroz tropeiro. A casa vende também produtos do norte, arroz, vários tipos de feijões e milho. Um detalhe chama a atenção dos clientes, pois tudo é a granel, igual há 50 anos quando tudo começou.
José Alves adquiriu a Casa do Norte há 30 anos, pois antes era administrado por um antigo dono, e desde então, a Cidade Ademar e seus moradores são especiais em sua vida. “Aqui é tudo de bom, a clientela é composta de pessoas amigas”, disse.
José Alves não sabe afirmar se o local é o mais velho do bairro, pois muitos bares, padarias e restaurantes antigos já fecharam. “Talvez, por conta disto, este local pode ser o mais antigo, pois não conheço outro com mais de 50 anos em atividades aqui na região”, afirmou.

Um detalhe interessante, é o balcão, que é o mesmo de quando foi inaugurado, pois virou uma marca registrada dos clientes, por suas marcas. Além dos quitutes oferecidos, o local é especial para as cachaças, pois há várias especiais de alguns estados brasileiros.

"Educação Física deve ser levada a sério" - diz Minotauro


Em entrevista exclusiva, o lutador do UFC (Ultimate Fighting Championship), Antônio Rodrigo Nogueira, 38 anos, popularmente conhecido como Minotauro, afirma que o esporte deve estar no dia a dia das crianças, principalmente na disciplina de Educação Física. Segundo Minotauro, o esporte pode melhorar a qualidade de vida, tanto física, como mentalmente, ajudando, ainda mais, a concentração para os estudos.

Diferente dos ringues, onde se tornou tetracampeão mundial no UFC e um dos maiores lutadores de artes marciais do país, o lutador mostrou-se sorridente e carismático durante a entrevista. Relatou que, aos onze anos, sofreu um grave acidente ao ser atropelado por um caminhão, ficando quatro dias em coma, e um ano internado. “Demorei um ano e meio para me recuperar e voltar a andar normalmente. Foi por meio do esporte que pude fortalecer meu corpo e voltar a ter uma vida normal”, disse.

Persistência e Planejamento – Uma das lições que as artes marciais propiciaram a Minotauro foi a ter persistência e planejamento. “Em uma luta, não basta apenas treinar, é preciso ter planejamento de treino, assim como tudo na vida. Isto me ajudou a programar melhor a minha vida em todas as lutas em que participei. Isto também pode ajudara todos a se planejarem para os estudos e seus objetivos finais”, orientou.
Minotauro destacou ainda a importância das aulas de Educação Física nas escolas. “É uma matéria importantíssima que tem de ser levada a sério. Nos Estados Unidos e na Europa, os principais atletas são oriundos das escolas, que têm um papel importante na formação”, disse.

O lutador relata a importância da prática das artes marciais. “Temos uma filosofia diferente, pois a maioria das pessoas que treinam artes marciais, não querem competir, muito menos ser lutador, mas apenas conhecer as artes marciais como qualidade de vida”, explicou.

Palestras –  Atualmente, Minotauro utiliza as artes marciais como um projeto que consiste em dar palestras nas escolas para alunos do Ensino Fundamental II e Médio. “Realizo este projeto há 12 anos. Foi um método que aprendi no Japão durante as pré-temporadas que realizávamos com os profissionais de beisebol e aí, trouxemos esta experiência para o Brasil”, relatou.

Nestas palestras, o lutador relata como o esporte é capaz de transformar a vida de pessoas. “O esporte não só fortaleceu o meu corpo, como a minha mente. Mostro isto para as crianças que o esporte é saúde. Insisto em dizer, que, quem pratica artes marciais não precisa competir, mas sim, usar como filosofia de vida, por meio da disciplina e da dedicação diária pela saúde”, completou.


Sobre a tecnologia, Minotauro afirma que é importante, mas nunca deixar de brincar, mas cabe a escola obrigar aos filhos a praticarem esporte por meio das aulas de Educação Física. É muito importante as crianças utilizarem as redes sociais, porém, o mais importante é cuidarem do seu corpo. Por isto, volto a repetir, as sociedades competitivas no esporte, são porque a Educação Física é importantíssima. É obrigatório. É uma disciplina que deve ser levada a sério, não basta jogar aquela bolinha. Esta hora deve ser sagrada na escola”, conclui.